Sentimento de culpa...

Uma das maiores ilusões do nosso ego é a "perfeição" que idealizamos e projetamos em nossas relações, em nosso trabalho, buscas espirituais, nos planos para o futuro. Nosso objetivo aqui no plano da matéria é experienciarmos nossas facetas de Luz e Sombras, conhecendo, aos poucos, em nosso próprio ritmo, cada cantinho do nosso Ser. É através desse jogo dual que ampliamos nossa consciência. E quando nos deparamos, cara a cara, com nossas partes sombrias, quando de fato as reconhecemos como nossas, tendemos a dar guarida ao sentimento de culpa, e, na maioria das vezes à nível inconsciente, nos autopunimos e autosabotamos. A culpa é um dos sentimentos de mais baixa vibração, que só serve para nos puxar para baixo e nos colocar na condição de vítimas - do mundo, das pessoas e de nós mesmos. Palco perfeito à atuação do astral inferior. Culpa gera crença de: Eu mereço ser castigado, que gera medo do castigo, que gera crença de não-merecimento do que é bom para nós. No entanto, precisamos encarar o fato de que a culpa é infrutífera. Nossos equívocos são parte do nosso processo de crescimento e amadurecimento espiritual. E tudo bem nos equivocar. Tudo é perfeito, assim como é. Todo aprendizado de alma traz dor, mas o sofrimento não precisa ser eterno. O passado pode ser transmutado e curado quando nos responsabilizamos por ele - quando tomamos a parte que nos cabe pelos nossos erros e também quando reconhecemos e nos parabenizamos pelos nossos acertos. Penso que no frigir dos ovos acertamos muito mais que erramos. Quando nos recusamos a reparar nossas faltas, elas nos acompanham, aonde formos. Dessa forma não podemos gozar de verdadeira liberdade, alegria, paz e plenitude. Quanto mais evitamos nossas emoções e relações negativas, mais elas nos perseguem, e das piores formas. Há desafios que precisam ser encarados de frente e com muito amor no coração. Tendemos a ser justos quando lutamos às claras e com ética. Parafraseando Jung: "Aquilo que você resiste, persiste". Dentro do ThetaHealing® há inúmeras possibilidades de cura e reprogramação que auxiliam na liberação dos padrões e programas inconscientes que nos limitam, nos impedindo de caminhar com maior leveza e autoamor. Se sentiu o chamado, agende comigo sua sessão. Com amor, Aline Keny