OM NAMAH SHIVAYA

Este é o grande mantra da salvação e significa: “Eu invoco/Confio/Honro e me Curvo à luz do Senhor Shiva”. A consorte do Senhor Shiva é Parvati, e juntos representam a dualidade do universo manifestado: Espírito e Matéria. OM NAMAH SHIVAYA (Se pronuncia: OM NAMÁ CHIVÁIA) é um mantra que vibra afetando a matéria física, emocional e mental. Cada palavra é um mantra - a palavra é muito poderosa - a todo momento estamos presenciando isto em nosso dia a dia ao utilizamos palavras para obtermos o que desejamos (e de forma inconsciente o que não desejamos). Os poderosos mantras que chegaram aos tempos atuais, pelo caminho da tradição védica, ou foram divinamente revelados, ou foram ouvidos pelos rishis e yogis de tempos imemoriais, quando se encontravam em estados trancendentais de consciência. Conforme os vedas o mantra Om Namah Shivaya é o corpo do Senhor Nataraja, o Dançarino Cósmico. É o lar de Shiva. "Namah" significa prostrações, "Shivaya Namah" significa: eu me prostro ante o Senhor Shiva (a alma é o servo de Shiva). "Shiva" representa a alma universal, "Aya" denota a identidade entre a alma individual e a alma universal. As cinco letras de "Namah Shivaya" significam as cinco ações do Senhor: criação, preservação, destruição, o ato de ocultar e a benção; significam também os cinco elementos e toda a criação através da combinação deles. "Na" denota o poder oculto do Senhor que faz a alma se mover pelo mundo, "Mah" é a amarra que prende a alma na roda das vidas e mortes. "Shi" é o símbolo do Senhor Shiva, "Va" é a Sua graça e "Ya" é a alma individual. Se a alma se enreda em "Na" e "Mah" ela ronda interminavelmente pelo mundano, se ela se associa com "Va" vai em direção a Shiva. "Namah Shivaya" forma o corpo do Senhor Shiva e o mantra propicia que "Eu me refugie no corpo do Senhor Shiva"’. O mantra OM NAMAH SHIVAYA traz o poder de purificação, iluminação, imortalidade e redenção, além do seu indescritível poder para destruir obstáculos, criar alegria e felicidade e formar uma ponte de ligação com Shiva. Recomenda-se sua repetição constante durante a meditação, o trabalho, o descanso e até mesmo durante o sono e os sonhos. Texto (com adaptações): Por Shree Swami. Imagem: Pinterest