Medicina do momento

Como é preciso pouco para a felicidade! (...) a menor coisa, precisamente a mais suave, a mais leve, o farfalhar de um lagarto, um sopro, um psiu, um olhar de relance. É o pouco que faz a melhor felicidade. Silêncio! Nietzsche Acredite no amor! ❤ Arte por Ninhol