DOENÇA DE ALZHEIMER

POR QUE ATÉ HOJE NÃO HÁ CURA PARA A DOENÇA DE ALZHEIMER, DESCOBERTA HÁ 115 ANOS?


Os únicos medicamentos aprovados para o Alzheimer aliviam apenas parcial e temporariamente alguns dos sintomas, mas não impedem o avanço da doença.


• Entrevista com Donald Weaver:


Como pesquisador e neurologista que cuida de pessoas com Mal de Alzheimer, compartilho a frustração — na verdade, a indignação — de pacientes e familiares quando digo a eles que não tenho uma cura para oferecer.


No ano passado, os cientistas se depararam com a Covid-19, uma doença até então desconhecida, e em poucos meses desenvolveram novas vacinas eficazes. Durante o mesmo período, a lista de fracassos no tratamento de Alzheimer aumentou.


Atualmente, os únicos medicamentos aprovados simplesmente aliviam alguns dos sintomas, parcial e temporariamente, mas não impedem o avanço da doença.


🎋 Embora ela tenha sido descrita oficialmente pela primeira vez há 115 anos — e, é claro, de já existir muito antes disso —, ainda não temos uma cura para esta doença devastadora. Por quê?