CURA COM AS DEZ IRMÃS DE LUZ - Por Kuan Yin 

Sente-se em silêncio com os olhos fechados e imagine uma luz branca suave que arde, reluzente, dentro do centro de seu coração, a qual é seu Eu Divino. Você percebe uma bela mulher, de brilho radiante, ao seu lado, oferecendo-lhe apoio e proteção. Concentre-se de novo na luz e diga: "Escolho honrar, perdoar, aceitar e amar, neste momento, tudo o que já fui". Inspire e expire pelo centro do coração, permitindo que a luz cresça, e diga: "Escolho, para meu bem maior, abrir-me e render-me neste momento à sabedoria do crescimento de minha própria alma, trazendo a esta vida atual o que me serviu no passado, se isso for útil ao meu bem maior novamente no agora, por meu próprio livre-arbítrio, que assim seja". Inspire e expire, permitindo que a bela Kuan Yin envie amor à luz de sua alma em seu coração, observando-a crescer em paz e poder. Você percebe que a luz se transforma em irmãs reluzentes, dançando em seu coração. As irmãs aumentam em número até dez. Elas são guardiãs, são vidas passadas, são guias, partes de sua própria consciência. Deixe-as dançar em luz e, quando estiver pronto, abra os olhos. ORAÇÃO PARA AS DEZ IRMÃS DE LUZ Divina Kuan Yin, Om Namaha, invoco as Dez Irmãs de Luz que me amam incondicionalmente, invoco vossa graça, proteção e assistência para que eu abandone, neste momento, mágoas e padrões de vidas passadas, de modo que mais da luz de minha Alma possa manifestar-se no tempo presente. Abençoai este processo com vossa misericórdia, compaixão e graça, Gratidão, amadas. Om Mani Padme Hum. Fonte: O Oráculo de Kuan Yin - Alana Fairchild. Carta 33: As Dez Irmãs de Luz.