Culpa x Escassez Financeira

Fazemos parte de uma grande sinfonia universal. Cada um com seu cabedal de habilidades e um propósito a cumprir no jogo da vida. Os problemas surgem quando nos comparamos e achamos que a grama do vizinho é mais verde, que talvez seria mais legal ser outra pessoa.


Através da autorresponsabilidade e do autoconhecimento descobrimos nossos dons e talentos. Não adianta olhar para fora em busca de respostas, todas elas estão dentro de nós. Todo mundo tem um papel a cumprir, tudo que precisamos é ser nós mesmos, puros em autenticidade. Sinto que não há nada mais lindo que uma pessoa expressando a própria luz, deixando seu Ser vir à tona. Desempenhando nossa função no roteiro da vida, as peças se encaixam e tudo funciona em sincronia.


Entretanto, o que percebemos de nós mesmos a nível consciente é insuficiente, o inconsciente nos sabota o tempo todo. Além de observar nossas reações/condicionamentos, quantas vezes nos pegamos caindo no mesmo buraco?


O inconsciente é rico em nos puxar para trás... Sinto, através das minhas experiências, que só saímos do esforço e entramos no fluxo de abundância e prosperidade, quando limpamos esse porão do inconsciente, e é aos poucos, neste aspecto a natureza não dá saltos.

Observei em mim, por anos a fio, que apesar de todos os meus esforços, anos de dedicação aos estudos e à minha profissão, que havia um cabo de força, uma energia muito além dos meus esforços que me puxava para trás. Por mais que eu controlasse o dinheiro, regrasse meus gastos, o dinheiro simplesmente se esvaia. Eu atraia todo tipo de relação que me sugava e quando percebia estava endividada para auxiliar os outros.


Hoje para mim é claro que eu estava rodando em um programa que lincava culpas e débitos de outras encarnações à escassez financeira. Como se o mecanismo de prejuízo anulasse as memórias de cu