Caminhos...

Todo caminho é precioso. Toda situação e pessoa que passa por nós é um mestre, nos traz um ensinamento diferente e nos modifica em algum nível. Sejamos gratos aos inúmeros mestres que já nos revolucionaram por dentro. Em minhas experiências percebo que as pessoas mais complexas/difíceis de me relacionar - por serem espelhos de sombras minhas - são as que mais me transformaram e me trouxeram o impulso para me melhorar, como pessoa, como ser humano. Não que isso seja simples e indolor, pelo contrário, mas são curas necessárias. E tudo é perfeito, assim como é. Quando os dias são trilhados com presença, com o coração aberto aos aprendizados, muitos cadinhos de observação sobre nós mesmos/e nossas reações, podemos nos modificar, passo a passo, em nosso próprio ritmo. Não precisamos da culpa nem dos muitos medos neste caminhar, necessitamos nos acolher com autoamor/autoaceitação/autoperdão. Assim, preenchidos pelas lições de alma possíveis até este momento da caminhada - de posse de nossos novos aprendizados e habilidades - podemos seguir por outros caminhos, honrando e agradecendo ao caminho que já nos serviu, e, agora, pode ser deixado no passado, sem apego. Vamos em frente. Com amor, Aline Keny Foto por João Geraldo Ferreira.