...

Escolher é tão difícil que, mesmo hoje havendo todo o espaço para um estilo de vida original, a grande maioria vive segundo um padrão único. As pessoas preferem continuar obedecendo o padrão oficial: evitam a angústia da responsabilidade pela escolha e o risco de rejeição social. A angústia e os riscos derivados da livre escolha explicam a triste tendência das pessoas se ajustarem aos estereótipos do seu meio social. Muitas vezes a pessoa pensa em abandonar sua carreira e se dedicar a algo que lhe desperta real paixão. Porém, não ousa se arriscar por medo. O medo de uma escolha menos usual deriva do risco de fracasso na nova empreitada, de haver arrependimento e de críticas que certamente virão. Ao não ousar e se manter dentro do padrão oficial, a pessoa faz uma "escolha" acovardada: por ser a usual, pode parecer a rota mais adequada. Não tem jeito: o sábio é escolher livremente um modo de viver e aceitar, com docilidade e sem desespero, os desdobramentos da nossa opção. ________________________________ - Considerações feitas pelo Dr. Flávio em abri/2014: http://bit.ly/2tq5BXW - Livro relacionado: "Nós, os humanos" Foto por İlknur Güçlü